Projetos

Programa Eco-Escolas

Temos a plena consciência que os desafios, que as questões ambientais nos colocam hoje, requerem alterações profundas na nossa visão e funcionamento, quer da sociedade em geral, quer das Escolas e dos Agrupamentos em particular. Sabemos que, para uma educação com sentido, é necessário caminharmos no sentido de um equilíbrio com a natureza. É em contexto escolar, que se dotam as crianças e os jovens de conhecimentos, atitudes e valores que os ajudem a fazer opções e a tomar decisões adequadas à preservação do meio ambiente, contribuindo para a Sustentabilidade do Planeta Terra.

(+) Educação

O Projeto de Integração Mais Educação implementado na Escola Básica Dr. Costa Matos, partiu do levantamento de situações problemáticas referenciadas, nos registos e relatórios efetuados, no ano letivo transato, bem como de reuniões diversas com diferentes entidades.

 

Desporto Escolar

O desporto escolar é um programa oficial do Ministério da Educação com o objetivo de proporcionar o acesso à prática desportiva regular e de qualidade, contribuindo para a promoção do sucesso escolar dos alunos, dos estilos de vida saudáveis, de valores e princípios associados a uma cidadania ativa.

Autonomia e Flexibilidade Curricular

No âmbito das prioridades definidas no Programa do XXI Governo Constitucional para a área da educação, foi autorizada, em regime de experiência pedagógica, a implementação do projeto de autonomia e flexibilidade curricular dos ensinos básico e secundário, no ano escolar de 2017-2018 (Despacho n.º 5908/2017, de 5 de julho).

O WIDE – Witnessing Domestic Violence and Audit Education in School System, é um projeto de parceria internacional financiado pelo programa Erasmus+ que tem como objetivos capacitar a comunidade Docente e Não Docente para identificar os efeitos da violência doméstica, mais especificamente, da vitimização indireta de crianças e jovens; reconhecer os seus efeitos na aprendizagem dos alunos; desenvolver competências específicas de comunicação e relacionamento atendendo às necessidades da(s) vítima(s); prevenir a inadaptação à escola e o insucesso e definir e implementar métodos de ensino que promovam o bem-estar e permitam aos/às menores em risco desenvolver competências e atitudes de resiliência.

PES (Projeto de Educação para a Saúde)

Em contexto escolar, educar para a saúde consiste em dotar as crianças e os jovens de conhecimentos, atitudes e valores que os ajudem a fazer opções e a tomar decisões adequadas à sua saúde e ao seu bem-estar físico, social e mental, bem como a saúde dos que os rodeiam, conferindo-lhes assim um papel …

O projeto de leitura do Agrupamento Eu leio, aprendo e cresço  foi contemplado na candidatura  ao aLer+ 2018.2020, do Plano Nacional de Leitura .

Alimentação do tipo + (saudável, equilibrada, segura)

O projeto “Alimentação Tipo +” decorre de uma parceria intersetorial entre duas instituições, a Unidade de Saúde Pública (USP) do ACES Gaia e a Escola Sede do Agrupamento de Escolas Dr. Costa Matos, Vila Nova de Gaia, com o objetivo de implementar medidas concertadas para promover uma alimentação “+” saudável, “+” equilibrada e “+” segura na escola.

Proteção Civil

“Prever, Prevenir, Proteger”

A Lei de Bases da Proteção Civil  Lei nº 80/2015 de 3 de agosto (Segunda alteração à Lei n.º 27/2006, de 3 de julho, que aprova a Lei de Bases da Proteção Civil) consagra o direito dos cidadãos à informação e formação em matéria de proteção civil, preconizando igualmente a inclusão no currículo escolar, nos seus diversos graus, de matérias de proteção civil e autoproteção, com a finalidade de difundir conhecimentos práticos e regras de comportamento a adotar no caso de acidente grave ou catástrofe.

A  sensibilização da comunidade educativa para questões relacionadas com a segurança de pessoas e de bens, nomeadamente a noção de risco e respetiva prevenção e a promoção de uma cultura de autoproteção e tomada de decisão, são prioridades do projeto de Proteção Civil, contribuindo para a tomada de consciência de que esta começa em cada um de nós.